SISTEMAS HIBRIDOS – SOLAR E EÓLICA

Para muitas regiões, nos períodos de maior insolação do ano (verão), existe uma incidência muito baixa de ventos. Por outro lado, no período em que há maior incidência de ventos (inverno), existe uma diminuição significativa de períodos de insolação.

Nestes casos, a melhor condição de produção de energia é a união dos sistemas de geração solar e eólica na mesma área, com o denominado Sistema Híbrido de Energia. Este sistema otimiza os custos de implantação e garante uma produção de energia mais equilibrada.

Algumas regiões litorâneas possuem uma situação bem típica: durante o dia há sol e não há vento, mas assim que o sol se põe, os ventos iniciam. Nestes casos, a instalação de um sistema híbrido permite produção de energia por períodos bem superiores, praticamente ao longo de todo o dia.

hibrido-erSolar

 

 

QUERO FAZER UM ORÇAMENTO